Fatores que podem reduzir o tamanho do pênis

Você já aprendeu os métodos de aumento do pênis nos artigos anteriores, onde te mostrei tudo que você precisa fazer para aumentar o tamanho do pênis, inclusive recomendei que faça exercícios de jelking juntamente com o estimulante Macho Macho que é um produto que ajuda no aumento peniano.

Agora vale a pena se familiarizar com os fatores que podem reduzir o tamanho da sua masculinidade e como evitá-los.

1. Circuncisão

A circuncisão é um procedimento que envolve a remoção do prepúcio que cobre a bolota do nascimento. Geralmente é realizado por razões religiosas – no judaísmo e no islã.

Após remover o prepúcio, uma cicatriz se forma na pele do pênis, que diminui com o tempo. Homens estatisticamente circuncidados perdem aproximadamente 5% do comprimento do pênis como resultado deste procedimento.

2. Cicatrizes resultantes de um acidente

Cicatrizes resultantes de queimaduras, deslizamento de uma barra ou outros acidentes infelizes afetam o tamanho do pênis, assim como a circuncisão mencionada acima. Infelizmente, essas são situações aleatórias e o único remédio é o cuidado.

Cicatrizes também surgem como resultado de danos aos tecidos do pênis durante a masturbação excessiva. Estes são casos extremos resultantes de dependência ou masturbação agressiva. A masturbação “saudável” tem muitos benefícios, especialmente durante períodos prolongados de seca.

3. Baixa testosterona

Os níveis de testosterona são importantes na fase fetal. Baixos níveis de testosterona afetam o tamanho do pênis e também podem ser a causa do micopênis. Esse hormônio é igualmente importante durante a puberdade. Mais tarde, quando os órgãos genitais são totalmente educados, ela é responsável pelo nível de potência e pela disposição de se envolver em atividades sexuais.

Os níveis de testosterona podem ser aumentados com a ingestão dos produtos certos e a introdução de hábitos de vida saudáveis.

4. Fumar cigarros

O tabagismo viciante de cigarro destrói as redes capilares, inclusive nos membros distais e na natureza. Estudos mostram que fumantes pesados ??mostram fertilidade reduzida e um risco aumentado de disfunção erétil.

5. Distúrbios do desenvolvimento nos estágios fetal e puberdade

Produtos químicos, metais pesados, impurezas ou mesmo uma dieta pobre em micro e macro elementos podem afetar o desenvolvimento do pênis na fase fetal. O mesmo se aplica à fase da puberdade, quando os órgãos genitais se desenvolvem.

Este ponto se aplica aos pais atuais e futuros. Vale a pena garantir um ambiente saudável para a sua prole. Isso irá protegê-los de muitas doenças e complexos.

6. Radiação

Especialistas acreditam que a radiação excessiva na área genital pode interferir em seu desenvolvimento. Nos adultos, no entanto, pode causar encolhimento do pênis e um problema com o bom funcionamento.

7. Lesões de um membro

Lesões no pênis na forma de uma fratura ou danos menores podem ocorrer nas circunstâncias menos esperadas. Estudos realizados por pesquisadores do Brasil relatam que na maioria das vezes um membro quebra durante o sexo! Itens de particular cuidado:

A fratura é tão dolorosa que você certamente não sentirá vontade de jogar mais. Você precisará de uma visita ao médico e de abstinência por cerca de 6 semanas. Fratura é um termo não muito preciso (o osso não quebra como resultado da lesão), basicamente trata-se de quebrar o tecido. Também existem ferimentos leves na forma de leves danos ou tensão. Quaisquer lesões contribuem para uma redução no tamanho e no desempenho sexual.

8. Mulher furiosa

Um pouco humorístico, embora a vida escreva cenários diferentes. Você pode ter ouvido falar da história de John e Lorene Bobbitt. A mulher furiosa cortou o pênis do marido pela metade. Os médicos conseguiram reconstruir o pênis de John, mas ele nunca recuperou completamente sua forma física. Como resultado da operação, o tamanho do pênis também foi ligeiramente reduzido.